Skip to main content
Arqbrasil

Vila Madalena abriga edifício da Triptyque

O tecido urbano peculiar da Vila Madalena, em São Paulo, define o projeto criado pela Triptyque Arquitetura para o edifício residencial construído na rua Arapiraca, bem no centro do bairro, e concluído em outubro de 2016

Vila Madalena
A integração com o entorno – uma zona de tranquilidade, repleta de casas antigas, e próxima de bares e restaurantes – foi o partido adotado pelos arquitetos do escritório franco-brasileiro, cuja estratégia dilui, com primazia, os oito mil metros quadrados de área construída em uma volumetria que dialoga e respeita o relevo, os edifícios e as casas do entorno.

Para isso, os arquitetos decidiram dividir a construção em oito blocos distribuídos de modo aleatório, cada um deles com acesso independente, mas com angulação que garante as melhores vistas e o máximo aproveitamento da ventilação e iluminação naturais. Um nono bloco abriga os elevadores, shafts e escadas, e concentra a saída de passarelas metálicas por onde se dá a circulação de pessoas e ocorre a sociabilização entre os moradores. Leia+Mais→

Idom assina Parque Boa Vista

Idom assina projeto de novo parque público Alberto Simões em São José dos Campos (SP), inaugurado este ano, é voltado a atividades de aventura como tirolesa, arvorismo, escalada, skate e BMX, conectados por um circuito de caminhos e passarela Leia+Mais→

Geometria para maximizar experiências

Edifício residencial localizado em Santa Catarina prima pela geometria contemporânea, que realça formas e volumes. Destaque para rooftop que permite vista panorâmica da cidade.

Geometria
Um projeto que busca minimizar os excessos e maximizar experiências. Esse é o conceito do Black Apartments, cuja arquitetura destaca formas, texturas e volumes, e elimina os excessos – um minimalismo sutil, porém essencial para um estilo de vida focado no que realmente importa. O Black Apartments, desenhado por encomenda pelo escritório Osvaldo Segundo Arquitetos Associados, de Blumenau (SC), para a construtora Vasselai, é um projeto pensado de fora para dentro, com linhas simples e uma arquitetura que integra as quatro fachadas ao entorno da cidade. Traz um elemento geométrico que divide a torre e conecta a base ao rooftop, onde estão as áreas de lazer, uma experiência visual e sensitiva para quem frequenta o ambiente.Leia mais Leia+Mais→

Arquitetura a favor da saúde

Espaços médicos com layout aprimorado e soluções funcionais por Krakowiak & Tavares Arquitetura

saúde
Revestimentos de fácil higienização, circulação fluída, organização máxima e, sobretudo, uma decoração convidativa e aconchegante desde a recepção até as áreas de atendimento e de exames. Essas são as características de um espaço médico bem projetado, cuja preocupação não está apenas no melhor atendimento oferecido aos pacientes como no bem-estar essencial para o trabalho de médicos e funcionários.  Especialistas no assunto, as arquitetas Ana Cristina Tavares e Claudia Krakowiak Bitran, do escritório KTA – Krakowiak & Tavares Arquitetura, acabaram de entregar mais um consultório, desta vez da especialidade  de ginecologia e obstetrícia,  pautado na saúde da mulher. Leia mais Leia+Mais→

Linhas retas e madeira marcam projeto

Profissionais do EB Arquitetura encontraram no estilo o equilíbrio para desenvolver uma residência que atendesse às necessidades e gosto da maioria das pessoas

madeira

Na elaboração de um projeto arquitetônico, o briefing é essencial para que o trabalho seja desenvolvido. Neste caso, o EB Arquitetura ganhou uma folha em branco, com a única exigência de que a casa fosse vendável, pois tratava-se de um imóvel que seria colocado à venda assim que concluído. Desta forma, os profissionais buscaram no estilo contemporâneo, com um toque clássico da madeira, o equilíbrio para projetar esta residência em Balneário Camboriú (SC). Leia mais Leia+Mais→

Biodiversidade no MZUSP a quatro mãos

Os escritórios de arquitetura Metrópole Arquitetos e Escritório Paulistano de Arquitetura assinaram em conjunto a expografia de “Biodiversidade: Conhecer para Preservar”, uma exposição de longa duração que acontece no Museu de Zoologia da USP (MZUSP), recentemente reformado.


O percurso da exposição começa com um grande painel da biodiversidade na entrada do museu, onde uma estrutura metálica abriga em diferentes níveis diversos animais taxidermizados, conchas e uma vitrine pivotante de insetos convidando o público a entrar. No hall de entrada e na galeria do edifício histórico, estão os painéis e dispositivos expositivos projetados em estrutura metálicas, soltos das alvenarias do piso e do forro preservando e valorizando a arquitetura existente. Leia mais Leia+Mais→