Iniciativa integra o programa “Gustavo Penna 73/23 – 50 anos de Arquitetura, Desenho e Palavra”, que promoverá reflexões sobre a arquitetura em todo o País

Gustavo Penna

Conectar jovens acadêmicos a arquitetos e projetos inovadores. Esse é o objetivo principal do programa “Gustavo Penna 73/23 – 50 anos de Arquitetura, Desenho e Palavra”, patrocinado pela Gerdau e Deca, que promoverá diversas ações pelo Brasil para estimular a reflexão e ampliar o diálogo sobre o exercício da arquitetura no futuro.

Em sua primeira etapa, a iniciativa premiou a universitária Fernanda Freitas – vencedora do Concurso Nacional de Ideias – com a participação no projeto de uma residência arquitetônica conduzido pelo escritório Gustavo Penna Arquiteto e Associados. O intercâmbio de ideias entre a estudante e o mestre resultou no projeto do portal de boas-vindas da cidade de Ouro Branco (MG).

Durante três semanas, a estudante de arquitetura integrou a equipe do escritório Gustavo Penna e participou de cada uma das etapas de desenvolvimento do projeto – do briefing à aprovação. “A residência arquitetônica foi muito especial para mim. Foram semanas de trabalho intenso, em que eu pude conhecer um pouco do universo de um escritório de arquitetura, passando por cada uma das etapas, desde o briefing até a definição da matéria-prima.

Todo esse conjunto de informações foi muito importante e me colocou, hoje, como uma profissional mais segura sobre o que eu vou realizar no mundo”, afirma Fernanda, destacando que a iniciativa marcou o seu primeiro projeto como profissional.

O sentimento de entusiasmo e realização da estudante é compartilhado pelo renomado arquiteto, que vê a proposta do programa “Gustavo Penna 73/23” como algo que transcende a celebração da sua trajetória. “Meu entusiasmo é grande. Trabalhar junto com os estudantes é ampliar o diálogo e imaginar territórios da invenção”, afirma Gustavo Penna.

O projeto – O pórtico de Ouro Branco, primeiro projeto desenvolvido pela residência arquitetônica com Gustavo Penna, é a síntese do que o arquiteto defende. Os traços projetados por Fernanda Freitas, sob a supervisão de seu mentor, combinam elementos tradicionais e matérias-primas inovadoras, como o aço, em uma composição que se aproxima de um estilo “barroco moderno”.

“Mais do que um monumento, esse portal marca a entrada dos visitantes em um território sagrado. Por isso, quem passar por ele poderá experimentar, por diversos sentidos, as sensações que reforçam a importância da cidade de Ouro Branco”, revela o arquiteto. Isso porque, no projeto original, está especificada a instalação de uma pavimentação diferente na via, logo abaixo do pórtico, para que o som e o trepidar do carro marquem a transição dos motoristas.

Outro detalhe do portal que chama a atenção é sua composição em aço. “Buscamos inspirações na história da cidade para projetar o pórtico e identificamos os diversos ciclos econômicos pelos quais o município passou – ciclo do ouro, da batata, dos vinhos e do aço. Sem dúvidas, o aço ainda é muito marcante no cotidiano da cidade e não poderia ser ignorado na estrutura do portal. Essa matéria-prima é versátil, forte e resistente e permite aplicações surpreendentes, ainda pouco exploradas na arquitetura”, afirma Penna.

O projeto do portal foi entregue à prefeitura da cidade de Ouro Branco, que será responsável pela execução da obra. A Gerdau doará o aço necessário para a construção do pórtico, bem como a matéria-prima para a produção do piso.

A próxima etapa do programa “Gustavo Penna 73/23” acontece em maio, na cidade de São Paulo. Serão realizados workshops e a segunda edição do Concurso Nacional de Ideias. Mais informações pelo site www.gustavopenna50anos.com e pelas redes sociais do projeto @gustavopenna7323.

Projeto Gustavo Penna 73/23 – Idealizado por uma equipe de professores da PUC Minas – Poços de Caldas, o projeto Gustavo Penna 73/23 – 50 anos de Arquitetura, Desenho e Palavra prevê a publicação de livros, workshops, concursos, plataforma multimídia e exposição. As atividades antecipam as cinco décadas de carreira do arquiteto mineiro que se completarão em 2023.

O projeto se baseia em três pilares fundamentais para pensarmos o exercício da arquitetura no futuro: a Academia, os Arquitetos e a Inovação. O maior objetivo é criar um elo entre esses três grandes grupos e lançar discussões e reflexões num diálogo amplo e na troca de conhecimento transformadores.

Contatos:
Gustavo Penna Arquiteto e Associados
(31) 3218-2400
https://www.gustavopenna.com.br/

Gerdau Brasil – https://www2.gerdau.com.br/
Deca – https://www.deca.com.br/