Skip to main content
Arqbrasil

Sheila Basilio em pedra e madeira

O projeto da arquiteta Sheila Basilio une a sofisticação da pedra com o conforto da madeira

Sheila Basilio

Localizada no bairro Ilha do Frade, em Vitória, Espírito Santo, a residência projetada pela arquiteta Sheila Basilio, une pedra e madeira para acompanhar o padrão local. Em um terreno com aclive e rochoso em sua maior parte, o projeto foi desenvolvido levando-se em conta a orientação do sol, os ventos dominantes, a topografia do terreno e as linhas visuais.

A combinação dos materiais se faz presente tanto do lado externo quanto no interno da casa, com diferentes padrões e tonalidades em um único ambiente, o que resulta em um lindo contraste. A iluminação, por sua vez, não passa despercebida, contando com lâmpadas no teto, parede e perto do chão, além da grande quantidade de janelas e portas de vidro, permitindo que a claridade externa adentre abundantemente. Leia+Mais→

Casa de praia por Ana Johns

Maresia, ventilação e funcionalidade. A arquiteta Ana Johns revela todos os truques para não errar na construção da residência litorânea

Com a chegada do verão, cresce o desejo de construir uma casa no litoral para passar as férias. E é claro que sempre buscamos conforto para a família toda aproveitar esse período. Pensando nisso, a arquiteta Ana Johns, à frente do escritório Ana Johns Arquitetura, elencou os principais cuidados que devemos ter na hora de projetar uma casa de praia.

Ao contrário de um imóvel na cidade, a região litorânea e a função que a casa vai exercer são determinantes para a escolha dos materiais, revestimentos e até para a distribuição dos cômodos. Leia+Mais→

Espaço reconceituado

Figura comum das grandes cidades, os galpões carregam consigo muita história. Antes fábricas de todo tipo, com o passar do tempo alguns perderam a sua utilidade original, com a desativação dos antigos empreendimentos que os mantinham funcionando.

Casa Fundamental

De elefantes brancos que deixavam um grande e espaço ocioso nas cidades, eles tem sido reaproveitados para utilidades bem diferentes das que foram pensadas quando construídos. Viraram restaurantes, boates e em alguns casos, até mesmo escolas.

Um exemplo pode ser visto no bairro Castelo, na região da Pampulha. O que era um espaço cheio de máquinas, hoje está cheio de crianças em salas de aula para ensino infantil e fundamental. A intervenção no antigo imóvel manteve a aparência externa de galpão industrial. Porém, alterações significativas foram realizadas na estrutura do imóvel localizado na rua Castelo de Lisboa. Leia+Mais→

Arquitetura para cães

JAPAN HOUSE São Paulo apresenta possibilidades surpreendentes em design na mostra Architecture for Dogs: Arquitetura para cães

Arquitetura para cães

Kazuyo Sejima / Bow-wow / MVRDV / Hara Design / Reiser + Umemoto / FGMF Arquitetos / Hiroshi Naito / Torafu Architects / Toyo Ito / Kengo Kuma / Ma Yansong / Shigeru Ban

O centro cultural recebe peças assinadas por 15 renomados arquitetos e designers que criaram projetos arquitetônicos usando cães como inspiração em exposição com curadoria de Kenya Hara

De 19 de janeiro a 07 de abril de 2019, a JAPAN HOUSE São Paulo apresenta um novo viés da arquitetura e do design na exposição Architecture for Dogs: Arquitetura para cães com curadoria do designer japonês Kenya Hara e organização da Imprint Venture Lab, empresa americana de investimento e consultoria. Leia+Mais→

Integrados de Clay Rodrigues

Uma antiga edificação de Brasília desenhada por Oscar Niemeyer – que nos seus últimos anos funcionou como escola – foi reativada com o propósito de abrigar novos projetos.

debaixo do bloco

Um deles é o Studio CentoE7N, proposta do Debaixo do Bloco Arquitetura para receber um cliente cosmopolita que mora sozinho, recebe amigos e viaja.

Em uma antiga sala de aula de 8,50 m de comprimento por 8,00 m largura e Pé direito de 3,20m o arquiteto Clay Rodrigues propôs um layout que distribui Sala de Estar, Cozinha, Home Office, Quarto e Banheiro de forma conectada.

As áreas sociais têm integração total – sala, cozinha e home office – enquanto quarto e banheiro são isolados de forma parcial ou total com dois elementos construtivos projetados propositalmente dentro da área livre 68 m²: Leia+Mais→

Ampliação do Waldorf Ecoara pelo Shieh

Com a aspiração do corpo pedagógico por uma arquitetura antroposófica, a escola ganha salas hexagonais, alameda central, estrutura desmontável e paredes em taipa de mão

Waldorf Ecoara

Da necessidade de ampliação da Escola Waldorf Ecoara (Valinhos, SP) e do desejo da comunidade em permanecer no mesmo endereço, nasceu o projeto de ampliação da escola com arquitetura assinada pelo escritório paulistano Shieh Arquitetos Associados – que tem expertise na área de arquitetura educacional. A previsão é de que a primeira fase da expansão seja entregue em janeiro de 2019 e aumente a capacidade de 88 para 140 vagas. Leia+Mais→

Casa Marsala pelo Stemmer Rodrigues

Vista como um refúgio da cidade, a Casa Marsala é cercada por belos jardins, folhagens, ervas e temperos, promovendo a sensação de bem estar em seus visitantes e remete à casas de campo

Projetada pelo Escritório Stemmer Rodrigues a casa oferece elegância e praticidade, com ares de casa de campo. Os terraços são verdadeiros jardins suspensos, com destaque para uma área de deck repleta de frutíferas, folhagens, trepadeiras e especiarias.

Situada na cidade de Eldorado do Sul (RS), a casa possui 412,5m², com ambientes amplos e decoração que representa o conforto e elegância que os proprietários desejam oferecer aos visitantes. Leia+Mais→

Oásis verde pelo TRIA

Espaço do TRIA Arquitetura, localizado no Jardim Paulistano em São Paulo, ganhou também uma horta com desníveis para plantio de diversas espécies

tria

Um espaço que é um verdadeiro oásis na cidade de São Paulo. Essa é a proposta do novo projeto Terraço Jardim Paulistano, assinado pelas arquitetas Sarah Bonanno e Marina Cardoso de Almeida, do TRIA Arquitetura.

Antes da reforma, os clientes já viviam na casa, mas a área externa não era convidativa e era muito menor. Por gostar muito do verde, os clientes compraram uma casa vizinha para ampliar esta área. O briefing foi demolir essa casa e fazer uma grande área de apoio para receber a família e amigos, com muito jardim e sem interferência na casa onde já moravam. Leia+Mais→

Multiuso pelo Oficina P:ar no Jockey Club Rio

Com vista panorâmica, espaço multicultural ExC terá conceito de greenwall e espaço otimizado para mudanças na estrutura

ExC

Quem passa pela rua Jardim Botânico, vai reparar que o bairro ganhou um dos maiores espaços multiculturais e inclusivos da cidade, dentro do Jockey Club Brasileiro. Batizado de ExC, o empreendimento, versátil e aconchegante, assinado pela Oficina Par de Tiago Freire e Marcelo Jardim, conta com quase 2.000m2, e tem como proposta revolucionar e oferecer aos cariocas diversos segmentos da cultura brasileira e internacional, dentro de um mesmo ambiente. Leia+Mais→

Vencedores do Prêmio Oscar Niemeyer

Júri do Prêmio Oscar Niemeyer anuncia vencedores da Edição 2018: prêmio principal foi para o Centro Cultural Teopanzolco, de Isaac Broid + Productora (México)

Prêmio Oscar Niemeyer

Centro Cultural Teopanzolco, de Isaac Broid + PRODUCTORA, vencedor do Prêmio Oscar Niemeyer de Arquitetura latino-americana 2018 / Segundo prêmio: Museu de Pachacamac, de Llosa Cortegana Arquitectos, do Peru / Terceiro prêmio: Moradias Infantis, de Aleph Zero + Rosenbaum do Brasil

O júri do Prêmio Oscar Niemeyer de Arquitetura Latino-Americana anunciou na terça-feira (23) os vencedores da segunda edição da competição, na Cidade do México. O primeiro prêmio foi conferido ao Centro Cultural Teopanzolco, Isaac Broid + Studio, (Carlos Bedoya, Wonne Ickx, Victor Jaime e Abel Perles), do México.

“Destacamos a força tectônica e icônica deste trabalho que, com sua generosa simplicidade, oferece múltiplos usos – do pavilhão ao palco, do centro cultural ao monumento essencial, do quadro ao fundo. Em sua geometria econômica, esse belo trabalho cria novos espaços públicos de escalas variadas que contribuem para a desejável relação entre arquitetura e cidade”, afirmou por meio da ata oficial o júri formado pelos arquitetos Carla Juaçaba, Cesar Shundi, Carlos Jimenez, Fabian Farfán e Jean-Pierre Crousse. Leia+Mais→